Guia Prático Sobre Segurança Do Joomla

O Joomla Como Ferramenta De Democratização Da Internet

O Joomla é um script muito rico em funcionalidades: ferramenta de vendas, angariação de contactos, comunicação com clientes e visitantes, adaptando-se às diferentes necessidades de milhões de empresas, habilitando-as a actuar no mercado da internet.

É também um pilar da democratização da internet, porque baixou substancialmente o preço da criação dum site empresarial. O bilhete de entrada na internet tornou-seeconômicamente acessível para qualquer empresa.

Veja por exemplo o nosso tutorial, aplicável com as necessárias adaptações ao Joomla 2.5.x e 3.x.x :

Até foi criado um nicho de mercado, onde milhares de freelancers aprenderam sozinhos, lendo alguns tutoriais gratuitos na internet, a montar sites para empresas, usando o Joomla, e fornecem os seus serviços a empresas e a preços acessíveis.

Por tudo isto, o Joomla é Muito Popular. Já foi baixado mais de 35 milhões de vezes.

Buraco De Segurança No Joomla

Este contexto é perfeito para o surgimento dum cenário paralelo, mas adverso: umburaco grande em termos de segurança, por onde entram spammers, phishing sites, malware, hackers e todos aqueles que se perdem pelo lado negro da sociedade.

hacker

Que contexto permissivo é esse?

Como o preço de aquisição é quase grátis, as empresas que usam Joomla desvalorizam a manutenção do site, incluindo a respectiva segurança.

A própria responsabilidade parece diluída, porque parece que cai tudo do céu… Há uma expectativa irrealista que todos os passos seguintes à aquisição do site são grátis ou quase grátis.

Como é fácil aprender a montar um site em Joomla, os novos programadores pensam que não precisam de saber código e desleixam muito a segurança do script.

Como o Joomla é código aberto (open source) e usado por milhões, também é, por isso mesmo, um alvo privilegiado de hackers, que vasculham o código à procura de vulnerabilidades.

Importa saber que as extensões são a parte fraca do código do Joomla em contraponto com o código Core, dado que são contribuições de milhares de programadores da comunidade, com diferentes níveis de qualificação e experiência, que expandem as funcionalidades do Joomla, mas multiplicam os vectores de ataque e, consequentemente, o número de portas e janelas que facilitam intrusões.

Solução De Segurança Fácil De Implementar

Se o Joomla é fácil de usar e se essa característica é um dos atrativos, então a solução para o problema de falta de segurança também deve ser fácil de aplicar. Não podemos sugerir ao usuário do Joomla que aprenda programação e procure no código do Joomla e no código das extensões usadas todas as vulnerabilidades de segurança que podem afetar uma qualquer instalação do Joomla.

fácil de usar

Até porque aprender programação não seria suficiente. A maioria dos programadores não tem a competência necessária para criar código seguro. Seria necessário que o usuário aprendesse programação e fosse um programador excepcional.

qual o objetivo das medidas que vamos publicar de seguida?

Não vamos limpar o código do Joomla. Vamos apenas dificultar a tarefa dos hackers, reduzindo os vetores de ataque, de modo a prevenir 99% das violações de segurança.

Chega de conversa. Vamos direto às medidas que você deve implementar para proteger o seu Joomla.

Segurança Local

A primeira vulnerabilidade do Joomla é você ou qualquer usuário que aceda ao Joomla com poderes de administrador. A afirmação é um pouco dramática. Mas, é muito importante que você cuide da segurança do computador que você usa para aceder à zona de administração do Joomla ou à conta de hospedagem / alojamento web.

Mais ainda se você usa esse computador para aceder a home banking, ao paypal ou para guardar ou transmitir qualquer informação privada, valiosa e / ou sensível.

Quando lemos sobre vulnerabilidades dos navegadores / browsers, do Flash, do Java, do Javascript e outras, temos que agir em conformidade, sob pena de pagarmos o preço de contemplarmos a realidade, sem nos adaptarmos a ela.

A sugestão que faço é muito simples. Compre um PC, Mac, Portátil ou Tablet barato. Usado, se necessário. Instale o Ubuntu. Configure o navegador / browser com uma política de segurança restritiva em termos de Javascript e cookies. Não instale Flash ou Java. E use esse computador seguro para aceder APENAS ao seu Joomla, à vossa hospedagem / alojamento web e eventualmente a homebanking, paypal e sites similares.

O APENAS não é decorativo. Sem excepções!

Se optar por Ubuntu, não vai poder descarregar uma cópia ilegal do Dreamweaver? Não instale nada ilegal neste computador seguro. O software ilegal é uma plataforma privilegiada de distribuição de malware.

Cópia De Segurança Semanal ou Diária

Acabei de escrever 731 palavras. Se ocorrer agora mesmo uma falha catastrófica no meu PC, tenho uma cópia da parte do artigo que já escrevi, com a excepção destas últimas palavras. Quantas palavras você já escreveu no seu Joomla? Quanto tempo já investiu? O design é personalizado? Quantas extensões já procurou e instalou?

Você tem uma cópia do seu Joomla? Da semana passada? Do ano passado? Onde? É cópia de quê? Dos ficheiros e da base de dados? Sabe restaurar o seu Joomla a partir dessa cópia de segurança?

cópia de segurança

É recorrente lermos notícias de violações de segurança nos computadores do Pentagon, da NASA, da CIA. Você acha que o seu Joomla é uma fortaleza à prova de hacker?Se você está a ler este artigo, você não pensa isso, certo? Então, escreva 10 vezes num papel e cole no seu monitor:

“Eu preciso de fazer uma cópia de segurança semanal do meu Joomla.”

Publica diariamente e não pode perder vários dias de conteúdos? Faça uma cópia diária!

Não instale a versão gratuita do AkeebaBackup para depois deixar a cópia valiosa na vossa conta de hospedagem / alojamento web! A versão gratuita do AkeebaBackup não permite enviar a cópia para outro servidor ou para a vossa conta de email.

Esta história das cópias de segurança faz-me lembrar o desleixo com que as pessoas em geral tratam a saúde e o respectivo corpo. Confiam que a morte é apenas amanhã. Mas, a morte é hoje mesmo. O James Gandolfini (Tony Soprano) morreu há pouco tempo de ataque cardíaco. Tinha 51 anos.

Não tem tempo para fazer uma cópia diária ou semanal?

Instale o XCloner, para executar as cópias de segurança do seu Joomla. E o JPrc Cronjobs, para automatizar esse processo.

Configure o XCloner para enviar as cópias para a vossa conta de email ou para uma conta FTP noutro servidor.

Use o Jcron para agendar a execução das cópias de segurança. Na Task, seleccione Web Address e coloque o URL do ficheiro respectivo do XCloner:


http://www.oseudominio.com/administrator/components/com_cloner/cloner.cron.php

Configure para que as cópias sejam executadas durante a madrugada. Não execute cópias de segurança durante o dia. É uma tarefa muito intensiva em termos de recursos do servidor. É o mesmo que ouvir música no volume máximo durante a noite.

Uso intensivo recursos servidor

O servidor de alojamento partilhado é como uma comunidade. E você não quer, nem deve ser um vizinho abusivo… até porque isso terá consequências negativas no desempenho do servidor, o que acabará por afetar o tempo de acesso ao seu Joomla.

  • Minutes – Seleccione 0, para correr aos 0 minutos da hora a seguir indicada.
  • Hours – Indique 1 (ou 2 ou 3) para que o cron corra às 03:00 horas, hora do servidor.
  • Days – Every day.
  • Months – Every month.

Se optar por usar o XCloner, procure no código do ficheiro .htaccess master, a excepção que permite o acesso através ao Akeeba e substitua por esta regra:


RewriteRule ^administrator/components/com_xcloner-backupandrestore/cloner.cron\.php$ - [L]

Segurança Das Passwords

Não perca o seu tempo a seguir todas estas recomendações de segurança para depoisusar uma password como admin, 12345, qwerty ou igual ao seu domínio. Isso é o mesmo que fechar a porta de casa e depois deixar a chave pendurada no alpendre à vista do mundo inteiro…

Siga estas regras para criar uma senha fácil de memorizar, mas que não é fácil de crackar.

  • Escolha uma palavra para a vossa senha. No meu exemplo, vou usar a palavra silencio.
  • Seleccione um número para a vossa senha. Por exemplo, o ano do nascimento do seu animal de estimação. O número que seleccionei foi o 1917.
  • Decida que regra usar para combinar a palavra com o número. Por exemplo, pode alternar letras e números: s1i9l1e7ncio
  • Pense 1 caracter especial. No meu exemplo, pensei o caracter +
  • Decida uma segunda regra para combinar o caracter com as letras e os números. Por exemplo, colocar o caracter na 5ª posição e na 7 posição da senha: s1i9+l+1e7ncio
  • E como precisamos de maiúsuclas e minúsculas, temos que decidir quais as letras que vão ser maiúsculas. Para simplificar, vamos optar pela primeira e última letra: S1i9+l+1e7nciO

Vamos criar uma segunda senha e com regras simples.

Palavra: margarida (nome duma flor)
Número: 13579 (números ímpar até 10)
Caracter especial: =
Regra 1: alternar letras e números
Regra 2: colocar caracter especial no fim
Regra 3: colocar maíuscula no início

M1a3r5g7a9rida=

Este método é uma adaptação do trabalho Simple Formula For Strong Passwords, do Bernie Thomas, publicado pelo SANS Institute.

Permissões De Ficheiros E Pastas

Qual o PHP handler que o servidor web usa para interpretar o código PHP? Se usa o mod_php / DSO (Dynamic Shared Object), então você vai precisar de usar permissões 777 nalgumas pastas para que o seu Joomla funcione normalmente, especialmente a funcionalidade de upload de media / imagens.

Essa notícia é má. Você não deve usar permissões 777. É inseguro.

Pergunte sempre ao fornecedor de hospedagem / alojamento web qual o PHP handler que usam no servidor web? Dê preferência a suPHP ou FastCGI. Rejeite mod_php (DSO).

A recomendação habitual é para você usar permissões 644 nos ficheiros e 755 nas pastas. Mas, eu vou sugerir uma abordagem mais rigorosa:

Mude as permissões dos ficheiros PHP para 400 e das pastas para 711.

Esta recomendação é para o caso do servidor web usar como PHP handler o suPHP ou o FastCGI. Caso seja mod_php, não tenho qualquer sugestão em termos de permissões.

permissoes de pastas e ficheiros

Se tiver acesso shell, execute estes comandos, na mesma pasta onde estão os ficheiros index.php, configuration.php, CHANGELOG.php do seu Joomla. Em vez de descrever a pasta, indicando ficheiro concretos do Joomla, poderia indicar a web root ou document root do servidor web ou da conta de hospedagem / alojamento web, mas este tutorial é um convite a que todos executem estas recomendações de segurança, mesmo aqueles que não sabem a web root ou a document root do servidor web:


find . -type f -name '*.php' -exec chmod 400 {} \;
find . -type d -exec chmod 711 {} \;

Se quiser mudar para um nível de permissões mais permissivo, execute:


find . -type f -exec chmod 644 {} \;
find . -type d -exec chmod 755 {} \;

Caso não tenha acesso shell, faça o upload dum ficheiro fechaporta.php para a pasta inicial do seu Joomla, onde estão os ficheiros index.php, configuration.php, CHANGELOG.php, para restringir as permissões. Coloque este código no ficheiro:


shell_exec("find . -type d -exec chmod 711 {} \\;");
shell_exec("find . -type f -name '*.php' -exec chmod 400 {} \\;");
?>

E o upload dum ficheiro abreporta.php, para a mesma pasta, para colocar as permissões num nível mais permissivo. Coloque este código no ficheiro:

shell_exec("find . -type d -exec chmod 755 {} \\;");
shell_exec("find . -type f -name '*.php' -exec chmod 644 {} \\;");
?>

Para executar qualquer um destes ficheiros, aceda ao ficheiro respetivo através do navegador / browser:


wwww.oseudominio.com/fechaporta.php

ou


wwww.oseudominio.com/abreporta.php

É importante que apague os ficheiros depois de usá-los. Ou seja, se fechar a porta, não deixe a chave na porta…

No ficheiro .htaccess mais abaixo, permitimos o acesso através do browser a estes 2 ficheiro fechaporta.php e abreporta.php. Quando não estiver a usá-los, faça uncomment dessas 2 linhas no código do ficheiro .htaccess master. E, quando precisar de usá-los, remova o # no início de cada linha.


# Assim, não é possível aceder aos ficheiros. Remova o # para poder aceder aos mesmos.
# Adicione o # para não permitir o acesso aos ficheiro.
#RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !/fechaporta\.php
#RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !/abreporta\.php

Experimente, teste e veja quais são as permissoes mais restritivas que pode usar no seu Joomla, sem prejudicar o respectivo funcionamento. Se precisar de alternar para um nível mais permissivo apenas quando está a instalar alguma extensão, utilize os ficheiros que disponibilizamos para alterar o nível de permissões.

Ficheiro .htaccess Master

O próprio Joomla recomenda este ficheiro .htaccess master, que deverá ser colocado na mesma pasta que os ficheiros index.php, configuration.php, CHANGELOG.php. O código que publicamos abaixo tem algumas alterações a esse ficheiro.

É obrigatório usar este ficheiro, caso queria reduzir substancialmente os vetores de ataque ao seu Joomla.

Se encontrar uma dificuldade insuperável na implementação do ficheiro .htaccess master, publicado mais abaixo, proteja no mínimo a pasta images, dado que é o ponto mais fraco do Joomla, para onde quase sempre é feito o upload duma ou várias shell. Em vez do ficheiro .htaccess master, coloque um ficheiro .htaccess com o código seguinte, na pasta images:


AddHandler cgi-script .php .pl .py .jsp .asp .htm .shtml .sh .cgi
Options -ExecCGI

O código não vai impedir o upload duma shell. Mas, o hacker não vai poder aceder à shell, dado que, por causa deste código, não é permitido a execução de ficheiros PHP, Perl, Python, Java, ASP, HTML, SHTML ou CGI na pasta images.

Experimente também usar este ficheiro .htaccess nas pastas media, cache e tmp. Comece pela pasta images e teste e depois repita para cada pasta: adicionar + testar.

Vamos retornar ao ficheiro .htaccess master, que publico mais abaixo.

Se der erro à primeira tentativa, faça uncomment (adicionar # no início da linha de código) sucessivamente de partes do código até encontrar a parte do código que está a causar esse erro. O uncomment desativa a linha de código respectiva.

Não se esqueça de substituir o domínio exemplo.com pelo seu domínio, no código do ficheiro.

Temos que agredecer aos respetivos autores, cujos nomes constam no próprio código. Devemos gratidão a cada um deles.

Algumas observações a considerar na aplicação do código:

  • O RewriteCond e RewriteRule funcionam como causa e efeito. Se acontecer a primeira, aplica-se a segunda.
  • O código duma condição do RewriteCond deve estar todo na mesma linha.Procure no código qualquer quebra de linha indevida e corrija. Por exemplo, se encontrar o código duma condição RewriteCond numa linha e depois numa segunda linha e um RewriteCond ou o RewriteRule na terceira linha, remova a quebra de linha de modo que haja apenas uma linha de código RewriteCond.
  • Se aparecer um Internal Server Error, depois de adicionar o master .htaccess file, experimente fazer uncomment a partes do código até encontrar o código respopnsável pelo erro.
  • Veja esta parte do código, caso tenha problemas com plugins ou templates. Verifique também o nível de permissões dos ficheiros e pastas.
    ## Uncomment this line if you have extensions which require direct access to their own
    ## custom index.php files. Note that this is UNSAFE and the developer should be ashamed
    ## for being so lame, lazy and security unconscious.
    # RewriteRule ^(components|modules|plugins|templates)/([^/]+/)*(index\.php)?$ - [L]
    ## Uncomment the following line if your template requires direct access to PHP files
    ## inside its directory, e.g. GZip compressed copies of its CSS files
    # RewriteRule ^templates/([^/]+/)*([^/.]+\.)+php$ - [L]
    RewriteRule ^(components|modules|plugins|templates)/ - [F]

Esta resposta lhe foi útil?

 Imprimir este Artigo

Veja também

O que é Seblod? joomla 3

O que é SEBLOD?SEBLOD permite a criação de aplicações web para Joomla; ele permite que você...

Como adicionar e configurar notificações push no wordpress, joomla, android e ios e até HTML com OneSignal

Bom dia pessoal.Notificações push hoje em dia é o que há, no que diz respeito a interação de seus...

Como deixar seu joomla mais seguro com algumas ferramentas e práticas?

E ai Galera já a algum tempo eu postei um artigo de como deixar seu joomla mais seguro com...

Sebod para iniciantes parte I

Seblod é um CCK maravilhoso, o K2 também é um CCK, mas o k2 tem seu proprio sistema separado do...

10 Dicas Para Proteger seu site Joomla

1. As Malditas Extensões – Sabor Doce, Digestão AmargaQuantos de nós é que instalamos extensões...

Powered by WHMCompleteSolution